quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Tirando leite das árvores derramadas.

Bois de Boulogne.
Floresta des Voges depois do vendaval - Foto de Yann-Bertrand No dia 26 de dezembro de 1999, uma tempestade com ventos de até 169km/h arrasou a França derrubando 300 milhões de árvores. Verdade. Parece mentira, né?
Eu me lembro muito bem, porque morava lá na época e fiquei horrorizada, assustada com o que vi em cada rua, parque, jardim, tudo. Morreram 79 pessoas no país em consequência do vendaval.
Perto de Paris tem o Bois de Boulogne. Árvores antigas, árvores em extinção, um parque maravilhoso, enorme, cheio de lagos e caminhos onde todo mundo adora passear. Kilometros do Bois foram destruidos.
Pouco tempo depois vi um anúncio nos jornais, convidando pessoas que trabalhavam com madeira como carpinteiros, fabricantes de móveis, enfim, madeireiros em geral para um leilão das toras de árvores que foram tombadas. A arrecadação desse leilão iria toda prá reflorestar o Bois.
Não sobrou tora sobre tora. Foi um pega prá capar o leilão. Imagine a gana de todos prá adquirir madeiras que não eram comercializadas há anos ou não veriam nunca mais.

Achei a idéia tão legal...Uma forma de arrecadar dinheiro com o leite derramado.
Mesmo de um grande desastre podemos tirar coisas boas. Acreditem que em pouco tempo, começaram a brotar árvores que não se via há anos, porque a sombra das grandes impedia as pobres coitadas de colocar o nariz prá fora.
Esse nosso Deus é danado mesmo!!! Valha-me Êle.


Nenhum comentário:

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...