quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Quem pensa que o Brasil não é um país sério, é porque nunca foi ao Iraque!


Quem acompanha o blog tá acostumado, mas você que chegou agora vai dizer:
- Claro que isso é invenção! Imaginação muito fértil.
Nada disso. Verdadinha da silva.
Quando trabalhamos no Iraque, assim que entrávamos no país nosso passaporte era confiscado. Chegando ao acampamento entregávamos ao depto pessoal e ele passava pro Serviço de Imigração do país. Lá eles faziam sei lá o que com ele durante um longo tempo e depois nos devolviam.
Uma vez,  antes que ele fosse devolvido pra mim precisei do passaporte pra viajar. Era urgente o assunto, então fui eu mesma ao Serviço de Imigração em Bagdad pra recuperar o danado.
Lá, como aqui, o serviço público era muito moroso. Aquele povão enrro, quer dizer, trabalhando,  e uma demora do cão pra conseguir qualquer coisa.
Cheguei  até a sala que me foi indicada, passei os dados que me pediram e uma moça começou a procurar. Abriu uma gaveta daquelas de correr, onde os passaportes deveriam estar em ordem alfabética, e foi até o fim da minha letra, voltou no começo, começou de A a Z,  de novo de trás pra frente, recomeçou do meio, do meio pra frente, de frente  pra trás, e nada. Procurou em outras gavetas, pastas, pilhas e nada.
Eu já com medo dela desistir e me mandar voltar depois, coisa que seria impossível fazer, porque já ia viajar no dia seguinte, comecei a procurar junto com ela. Tinha a vantagem da capa verde, então todo montinho que eu via, qualquer coisa verde eu mostrava e ela procurava,  e nada!
Já quase no desespero, não sei como nem porque , olhei pro pé da cadeira onde a moça se sentava, e vi quatro passaportes empilhados, calçando pra cadeira não mancar. Dois eram de capa azul, um vermelha e o outro era verde.
Viajei tranquila no dia seguinte.

8 comentários:

Tutti disse...

Ieda,Que 2012 seja um ano de muitas realizações pra você e sua família! Obrigada por dividir suas experiencias, dicas e causos sempre tão divertidos!
abração

Ieda Dias disse...

Brigadim Tutti...pra vc tb e todos q vc ama...e vambora com muito mais histórias e causus em 2012.
bjos bjos

Maga. disse...

"Pasmei",rss
Que seu anjo da guarda continue forteeeeeee.
bjim

Ieda Dias disse...

hee....Maga, toda hora me lembro de um causu...tem mais, tem mais...rs bjos e um 2012 cheio de risos e e saude proce e sua turma

Anônimo disse...

Mas, como disse Charles de Gaule: "O Brasil não é um país sério". Tenho certeza que nunca foi, não é no momento e, no futuro, talvez. É só ver as notas do Supremo Tribunal Federal onde o sr Lewandosky pediu vistas do processo do mensalão, + ou - 10.000 páginas e sendo que vence em 2012. Não será julgado por decurso de prazo. Quem dera usássemos passaportes para calçar mesas e o restante do país funcionasse.
Um abraço.
Luiz César.

Ieda Dias disse...

Na boa meu bem...ja sartei fora dessa...deixo pra turma mais nova...minha parte ja fiz e continuo fazendo, mas me estressar por contas fos fdp, nem morta!
Um 2012 cheio de alegria e saude pra vc e sua turma.
E o dia q não mais existir passaporte, teremos alcançado o nirvana
bjos bjos

Bia disse...

hahaha essa foi otima!

Ieda Dias disse...

Pois é Bia...parece piada né não?
bjins

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...